>

A história

A história Os eventos reais por trás do filme

Era uma tarde de domingo, 18 de Junho de 1961, e quatro meninas - Conchita, Mari Loli, Mari Cruz e Jacinta - da pequena aldeia de San Sebastián de Garabandal (Cantabria, Espanha), andavam atrás de uma "pequena aventura" e acabaram por tirar umas maçãs da árvore que pertencia à propriedade do mestre da aldeia. A árvore estava situada na saída da aldeia, no início de uma estrada íngreme e pedregosa que todos conhecem pelo nome de “La Calleja”. “La Calleja” subia até ao cimo da montanha, em direção às terras que os seus pais e eles próprios trabalhavam de forma rigorosa para ganhar o pão do dia-a-dia com a criação de gado. Algum tempo depois, ainda com as maçãs nas suas mãos, vêem aparecer um trovão que as faz estremecer. É estranho, porque naquela altura não havia nuvens no céu... A consciência delas começa a consumi-las por dentro e, arrependendo-se das suas ações, lamentam o que fizeram.

Mais informação

As meninas

As meninas As quatro pequenas videntes

As protagonistas da nossa história são quatro meninas: Conchita González, Jacinta González, Mari Loli Mazón e Mari Cruz González, todas nascidas em San Sebastián de Garabandal. Apesar da coincidência dos sobrenomes, as meninas não são familiares umas com as outras. No momento em que as aparições começaram, Conchita, Jacinta e Mari Loli tinham doze anos, enquanto Mari Cruz tinha apenas onze anos. Até ao dia 18 de Junho de 1961, quando os fenómenos começaram, elas não se distinguiam de nenhuma forma em relação às outras crianças da aldeia.

Mais informação

As mensagens

As mensagens O que Nossa Senhora veio anunciar.

Os acontecimentos diários que ocorriam em Garabandal naquele tempo já eram por si uma verdadeira mensagem. Nossa Senhora tinha uma relação com as meninas como de uma mãe autêntica. Ela conseguia cativar a atenção das meninas através da sua ternura e dos seus gestos de carinho. Nossa Senhora falava com elas, dando-lhes confiança para que depois elas pudessem expressar-se e contar-lhe todas as suas novidades e, aproveitando esses diálogos, Ela ensina-as, Ela explica-lhes... Ela também as corrige quando acha que é necessário. E também brincava com elas. Era uma mãe. E, no seu relacionamento com as meninas, Ela ensina-as a tratá-la assim, como nós: como uma mãe.

Mais informação

As profecias

As profecias Aviso, Milagre e Castigo.

Sem dúvida, um dos aspectos relacionados a Garabandal que é mais falado, e sobre o qual muito se tem especulado, é sobre as profecias comunicadas por Nossa Senhora às pequenas videntes: o Aviso, o Milagre e o castigo. Já na primeira mensagem, divulgada a 18 de Outubro de 1961, Nossa Senhora advertiu: "O cálice está a encher-se e, se não mudarmos, virá um grande castigo". Mas naquela noite, a multidão molhada pela chuva persistente, que não parou todo o dia, e desapontada após as muitas horas de espera, apenas assistiram à presença da Nossa Mãe, através dos lábios trémulos das meninas.

MAIS INFORMAÇÃO

Os estudos

Os estudos O que a Igreja disse sobre Garabandal.

Dom Valentín Marichalar Torres foi pároco de San Sebastián de Garabandal quando, a 18 de Junho de 1961, algumas pessoas da aldeia vieram informar-lhe que quatro meninas - Conchita, Jacinta, Mari Cruz e Mari Loli - tinham visto um anjo. Este bom sacerdote falou posteriormente com as meninas a respeito a este assunto. Sobretudo nos primeiros dias, e assim que terminavam os êxtases das meninas, o pároco da aldeia interrogava-as. Don Valentín ficou impressionado com os seus depoimentos, porque apesar da sua jovem idade e pelo fato de não saberem quais seriam as perguntas que ele iria perguntar, as meninas não contradiziam-se nas suas respostas. Três dias depois de tudo começar, Don Valentin teve dados suficientes para fazer uma comunicação oficial ao bispado, onde começou por enviar relatórios regulares nos quais reunia os detalhes sobre tudo aquilo que estava a acontecer na sua paróquia.

Mais informação

Links

Links de interesse sobre Garabandal

Nesta secção, indicamos alguns links através dos quais pode aprofundar um pouco mais acerca história de Garabandal, a evolução subsequente dos eventos e os frutos relacionados com as alegadas aparições.

Existem muitos outros sites dedicados a Garabandal ou secções que desenvolvem o tema, que são apresentados apenas a título de exemplo. No entanto, é bom lembrar que os Bispos da Diocese de Santander sempre disseram que não encontraram no conteúdo doutrinário das supostas aparições de San Sebastian de Garabandal qualquer coisa que vá contra a fé da Igreja. Se, em qualquer publicação, Garabandal estiver relacionado com posições contrárias à fé da Igreja ou ao Santo Padre, significa que essa página atribui a Garabandal coisas que não lhe pertencem.

Más información